Quais os tipos de exames que existem?

Cuidar da saúde ginecológica é uma parte vital do bem-estar feminino e alguns tipos de exames ginecológicos desempenham um papel crucial na prevenção, diagnóstico e manutenção da saúde da mulher.

 

Entre eles estão: 

 

Papanicolau: este exame busca detectar alterações nas células cervicais que podem indicar infecções, lesões pré-cancerígenas ou câncer cervical. É uma parte fundamental dos cuidados ginecológicos de rotina.

 

Ultrassonografia Pélvica: a ultrassonografia utiliza ondas sonoras para criar imagens dos órgãos pélvicos, como útero, ovários e trompas de Falópio. É valioso para avaliar problemas como cistos ovarianos, miomas e anomalias uterinas.

 

Mamografia: embora focada nos seios, a mamografia é uma ferramenta importante para a saúde ginecológica, ajudando a detectar precocemente possíveis sinais de câncer de mama.

 

Colposcopia: este exame é realizado após um resultado anormal no Papanicolau. Utiliza um instrumento chamado colposcópio para examinar mais de perto o colo do útero, permitindo a identificação de áreas suspeitas.

 

Exame de toque vaginal: Realizado durante uma consulta ginecológica de rotina, o exame de toque vaginal permite que o médico sinta a forma e o tamanho dos órgãos reprodutivos internos, como o útero e os ovários.

 

Histeroscopia diagnóstica: A histeroscopia é um procedimento crucial para investigar problemas dentro do útero. Utilizando um histeroscópio, é possível visualizar o interior do útero para diagnosticar condições como pólipos, miomas ou aderências.

 

A frequência desses exames varia com a idade, histórico médico e fatores individuais. Consultar regularmente um ginecologista é crucial para estabelecer um plano de exames personalizado.

 

Lembre-se, a prevenção é a melhor forma de cuidar da saúde ginecológica a longo prazo.